Blog Sou Ecológico - Curso a Distância de Educação Ambiental pelo SENAI - Parte 2

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

15 outubro 2012



CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

Os Ciclos Biogeoquímicos são ciclos que envolvem o fluxo de elementos biológicosquímicosgeoquímicos presentes no solo, água, ar, onde estes podem se encontrar como elementos puros ou combinados a outros elementos.
Estes fluxos cíclicos e contínuos permitem que os recursos naturais se mantenham, garantindo a vida das espécies que deles dependem. Se você observar a natureza com atenção, vai verificar que todos os processos que ela realiza são cíclicos e contínuos.
 
Para tentar aprender com a natureza, veja alguns exemplos de seus ciclos.

  • Ciclo da água
  • Ciclo do carbono
  • Ciclo do nitrogênio

Estes são apenas três exemplos de “ciclos biogeoquímicos”. Existem outros ciclos como o do fósforo, o do ferro e o do oxigênio. É importante saber que todos os elementos da natureza que compõem os ecossistemas têm seus ciclos próprios.

Ciclo da água

A água (H2O) é uma das substâncias mais abundantes na natureza e também o recurso mais ameaçado do planeta.  O ciclo da água é também denominado de Ciclo Hidrológico.

A água evapora dos mares, oceanos, lagos, rios e plantas pela ação da luz solar. O vapor é condensado, ou seja, transforma-se em líquido e volta à Terra em forma de chuva. Essas águas podem sofrer escoamento superficial no solo, infiltração, escoamento subterrâneo ou evaporação, quando retornam de novo para a atmosfera.

Ciclo do Carbono

O carbono, embora exista na forma de gás carbônico (CO2) na atmosfera, está presente também em grandes quantidades nos oceanos, na forma de carbonatos. Assim, os oceanos constituem o seu maior reservatório. O carbono é retirado do ar através do processo de fotossíntese realizado pelas plantas e algas, que também são responsáveis pela restituição da concentração do gás carbônico no ar, através do processo de respiração. Com a morte, os seres vivos são decompostos por microorganismos que ao respirarem também liberam gás carbônico para a atmosfera.

Ciclo do Nitrogênio

O Nitrogênio (N) é um dos elementos mais importantes para a constituição das células e, portanto, dos seres vivos. Esse participa das moléculas das proteínas e outros compostos orgânicos essenciais à vida.

Vamos descrever o seu ciclo? O ar constantemente recebe nitrogênio devido à ação de bactérias denominadas desnitrificantes, que transformam os nitratos em nitrogênio gasoso (N2). Do ar, o nitrogênio pode ser retirado pela ação de algumas bactérias e algas capazes de fixá-lo novamente, formando matéria orgânica nitrogenada e passando esta ao solo e à água.

Também no ar, a ação de descargas elétricas (raios), pode provocar a combinação do nitrogênio com o oxigênio e água, formando nitratos que se precipitam sobre o solo e a água. Do solo e da água, o elemento é retirado pelos vegetais fotossintetizantes, sendo utilizado na formação de compostos orgânicos. A restituição ao solo e à água ocorre através de decomposição. Vale salientar que parte do nitrogênio retirado do solo pelas plantas é transferida para as cidades, na forma de produtos vegetais e depois para as águas, através da decomposição de resíduos e de esgotos domésticos e industriais.

Como podemos perceber na nossa casa (planeta), tudo está interligado, os seres vivos, os elementos químicos, os processos de transformação etc. Tudo que fizermos para ela terá consequências tanto boas como ruins, certo? Então, temos que cuidar de nossa casa (planeta) de uma maneira responsável para que os nossos filhos, netos, bisnetos possam também frequenta-la e utilizá-la.

DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO

Poluição

A lei 6.938, de 31/08/1981, que dispõe sobre Política Nacional do Meio Ambiente, considera poluição qualquer tipo de alteração no meio ambiente que possa prejudicar os seres vivos ou o local em que estes se encontram. Segundo esta lei, a poluição é uma degradação da qualidade ambiental resultante de atividades que direta ou indiretamente:

  • Prejudica a saúde, a segurança e o bem-estar da população;
  • Cria condições contrárias às atividades sociais e econômicas;
  • Afeta desfavoravelmente a biota (conjunto de seres vivos de um ecossistema);
  • Afeta as condições estéticas ou sanitárias do meio ambiente;
  • Lança matéria ou energia em desacordo com os padrões ambientais estabelecidos.

Fontes Geradoras

As fontes geradoras de poluição são várias. Cada uma tem suas características próprias e gera determinados tipos de poluição que podem atingir o ar, a água e o solo. Veja alguns exemplos:

  • Poluição Industrial: causada pelos processos desenvolvidos nas indústrias.
  • Poluição Agrícola: causada pelas atividades agrícolas, geralmente associadas a agrotóxicos e ao uso excessivo de fertilizantes.
  • Poluição Urbana: causada pelas atividades desenvolvidas numa cidade, geralmente associadas à geração de lixo, esgotos, emissões gasosas proveniente da frota veicular etc.
  • Poluição Natural: é aquela causada por fontes naturais como os vulcões que, quando entram em erupção, podem emitir gases tóxicos.

Poluição do Ar

Para sobreviver, o homem precisa diariamente de cerca de 15 quilos de ar. Ao respirar um ar poluído, o homem envia para seu organismo, componentes tóxicos que podem causar doenças respiratórias como asma, bronquite, infecções nos pulmões, enfisema pulmonar e doenças do coração. A presença de certos gases em excesso na atmosfera também provoca uma poluição que põem em risco a vida de todo o planeta. No ar, podem ser encontrados os seguintes componentes:


Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲