Surabaya, o mais infernal jardim zoológico do mundo. / Ativistas exigem fechamento de “zoológico da morte”

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

07 novembro 2013

NOTÍCIA 1: Surabaya, o mais infernal jardim zoológico do mundo. (Publicado em 6/29/2013)


Surabaya Zoo é um jardim zoológico botânico que está localizado na cidade de Surabaya, Java Oriental, na Indonésia.  As condições como são tratados lá os animais, classificam-no como provavelmente o pior zoo de todo o planeta. Em Surabaya, os animais não têm comida suficiente e qualquer atendimento médico especializados, ou seja, em Surabaya não existe um único veterinário. Milhares de pessoas em todo o mundo já assinaram uma petição para fechar Surabaya, devido aos abusos que estão a ser infringidos a milhares de animais.

Fonte e mais fotos: I love Animais

NOTÍCIA 2: Ativistas exigem fechamento de “zoológico da morte” 
(Publicado em 01 de julho de 2013)

Ativistas denunciam que no Surabaya, da ilha de Java, os animais morrem de fome e, por isso, pedem o seu fechamento. Ativistas internacionais, encabeçados por um australiano, estão recolhendo assinaturas  para encaminhar uma petição ao presidente da Indonésia, para que feche o zoológico Surabaya, na ilha de Java, onde supostamente os animais morrem de fome. As informações são do portal SIPSE.

“Fazemos um pedido ao presidente, Susilo Bambang Yudhoyono, para que feche imediatamente o parque zoológico e encontre um refúgio para as pobres criaturas que tem a desgraça de viver ali”, diz a petição que já recolheu mais de 9.211 assinaturas na página web change.org, segundo anuncia a página web actualidad.rt. Os ativistas trocam fotos de felinos magros, ossos cobertos com múltiplos abscessos e orangotangos em jaulas diminutas.

“O maltrato dos animais começou a atrair uma condenação generalizada em 2010. Nesse ano o diário ‘Jakarta Post’ qualificou o centro como o “Zoo da Morte”, informam os autores da petição.

Os meios de comunicação da Indonésia também escreveram sobre “mortes misteriosas no zoo”, mas os responsáveis de Surabaya insistiram que os animais tinham falecido por razões que não tinham nada a ver com a fome ou algum maltrato. O caso mais estranho foi a morte da girafa ‘Kliwon’, cujo estômago continha 18 quilos de embalagens plásticas.

Os ativistas internacionais, encabeçados pelo australiano Trevor Buchanan, sustentam que ‘Kliwon’ tinha tanta fome que tinha que comer inclusive lixo. Enquanto isso, os representantes oficiais do centro, citados pelo jornal ‘The Daily Mail’, explicaram que as embalagens se acumularam no estômago durante anos e a culpa não foi da girafa, e sim dos visitantes, que, como em muitos países, dão de comer aos animais enjaulados, ainda que seja proibido.

O zoológico Surabaya foi inaugurado em 1916 e é o maior parque com essas características da Indonésia.

Nota da Redação: A iniciativa é ótima, mas bom mesmo seria se todos os zoológicos fechassem suas portas. Animais não merecem viver engaiolados, enjaulados, condenados a prisão perpétua. Denúncias de maus-tratos em zoológicos vem a tona com frequência, mas poucos se lembram que apenas o fato de estarem presos, em um ambiente distante da natureza, dependendo de cuidados humanos, sendo expostos como objetos em vitrines, já é uma crueldade desnecessária com suas vidas. Zoológico é prisão de animais. Clique aqui  para assinar a petição pelo fechamento do zoo de Surabaya.


Fonte: ANDA
Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲