Floresta, desafios e oportunidades - Evento promovido pelo SFB abre espaço para o fortalecimento do setor.

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

22 novembro 2012

Arquivo/MMA
Florestas: R$ 14,7 bi e 600 mil empregos diretos
Do SFB 

O debate sobre os desafios e as oportunidades do setor florestal no país ganha contribuição nesta quinta-feira (22/11), com a realização do TiiFlor – Tecnologia, Inovação e Inclusão em Florestas, evento gratuito e aberto ao público que será promovido pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) em Brasília (DF), com o apoio da Fundação Roberto Marinho e da Fundação Avina.

O encontro traz 14 representantes dos principais segmentos ligados à floresta para debater o tema, nas áreas extrativista, indígena, agropecuária, científica, de madeira nativa e de florestas plantadas, de negócios com uso de recursos da biodiversidade, de investimentos, microcrédito, turismo, manejo florestal comunitário, educação e comunicação.

Segundo o diretor-geral do SFB, Antônio Carlos Hummel, a experiência e os pontos de vista desses diversos atores fortalecem a discussão sobre o setor florestal. “Eles trazem elementos para a construção de uma Política Nacional de Florestas para o país”, afirma. "A ausência dessa política e de instrumentos econômicos de apoio ao setor são lacunas que precisam ser preenchidas para valorização do papel do uso e da conservação das florestas brasileiras.”.

VIDAS

O TiiFlor está estruturado no formato de palestras de 20 minutos cada, reunidas em três blocos. O primeiro, “Vidas na e da Floresta”, humaniza o debate a partir das histórias de pessoas que têm uma ligação direta com as florestas. O segundo bloco, “Ideias Sustentáveis”, tem foco na riqueza gerada pelas florestas, e o terceiro, “Informação em Movimento”, trata das iniciativas de difusão de conhecimento.

Com esta ação, o SFB busca gerar o compartilhamento de ideias, inovação e estimular cooperações futuras, oxigenar o debate, além de fomentar o interesse ou aprofundamento nas questões envolvendo florestas.

Presentes em cerca de 60% do território brasileiro, as florestas impactam na economia, com R$ 14,7 bilhões gerados em 2010 pela produção primária florestal, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); geram mais de 600 mil empregos formais e influenciam a vida de 20 milhões de pessoas se for considerada apenas a população da Amazônia, e toda a população brasileira, se considerados os serviços ambientais proporcionados por elas.

SERVIÇO
TiiFlor - Tecnologia, Inovação e Inclusão em Florestas
Inscrições: online e gratuitas, pelo site eventos.florestal.gov.br/tiiflor.
Data: 22 de novembro
Horário: 9h às 19h.
Local: auditório da Escola de Administração Fazendária (Esaf) – Rodovia DF 001, KM 27,4 – Setor de Habitações Individuais Sul, Lago Sul – Brasília (DF). Haverá transporte gratuito saindo da Universidade de Brasília (estacionamento do ICC Norte) e da Biblioteca Nacional (estacionamento próximo ao antigo Touring)

Programação

9h – 9h40 Credenciamento

9h50 – 10h Abertura

10h – 12h Sessão I: Vidas na e da Floresta

Sônia Guajajara (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira - Coiab)
Johan Zweede (Instituto Floresta Tropical - IFT)
Marize Costa (Fazenda Santa Brígida/GO)
Manoel Cunha (Conselho Nacional Seringueiros e Extrativistas - CNS)
Antonio Nobre (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - Inpa)

12h – 14h Almoço

Exposição Produtos Florestais
Painel Interativo
Caminhos do Cerrado: Trilha guiada pelo Cerrado do Jardim Botânico de Brasília (30 min)

14h – 16h Sessão II: Ideias Sustentáveis

Jonas Perutti (Empresa Florestal Madeflona - concessionária florestal)
Renata Puchala (Natura)
Francisco Bueno (Associação Brasileira de Celulose e Papel - Bracelpa)
Carlos Guerreiro (The Timber Group - TTG Brasil)
Jean-Claude Razel (Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura - Abeta)

16h – 16h30 Intervalo ( Café com arte)

16h30 – 18h30 Sessão III: Informação em Movimento

Frans Pareyn (Associação Plantas do Nordeste - manejo florestal comunitário na Caatinga)
Andrea Margit (Fundação Roberto Marinho)
Joaquim de Melo (Banco Palma)
Matthew Shirts (National Geographic/Planeta Sustentável)

Encerramento

Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲