O Blog Sou Ecológico com muito prazer apoia a Campanha: Cinomose aqui Não, em proteção aos nossos cães

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

19 abril 2012

 

Devido ao seu grande sucesso, mais uma vez, o Blog Sou Ecológico foi escolhido para apoiar mais um campanha muito importante para a proteção dos nossos cães. É a Campanha: Cinomose aqui Não. É galera vamos ajudar nessa campanha e dá um NOCAUTE NA CINOMOSE.


Você conhece a UCC?  A União Contra a Cinomose é uma campanha da Cinomose aqui Não em parceria com a WSPA, Sociedade Mundial de Proteção aos Animais, apoiada pelos lutadores de MMA, Minotauro e Minotouro.

A cinomose é uma doença que afeta os cachorros e pode levá-los à morte, informação e vacinação são as únicas armas contra esse vírus. Lembre-se de que um cachorro doente pode manifestar apenas sinais digestivos ou respiratórios.

COMO SE PEGA CINOMOSE?

Qualquer cachorro, em qualquer idade, pode ser contaminado com cinomose de diferentes formas.O vírus é transmitido entre um animal doente e outro susceptível. Alguns animais doentes podem estar assintomáticos (ou seja, estarem com a doença, mas não apresentarem seus sintomas) e passar a doença para outro sadio por meio de secreções (nasais, fezes etc).

Uma forma comum de contaminação ocorre em canis, onde os animais frequentam os mesmos locais e animais doentes podem ter contato com outros saudáveis ainda não vacinados. É muito importante isolar animais doentes para tratamento, ou ainda ter o cuidado de isolar animais que se tenha desconfiança de que possam estar incubando a doença e, mesmo ainda sem sintomas, servir de fonte de infecção para outros cachorros.

QUAIS SÃO OS SINAIS DA CINOMOSE?

>> Perda de apetite
>> Falta de coordenação
>> Vômito e Diarréia
>> Febre
>> Apatia

CINOMOSE TEM CURA? COMO SE TRATA? QUAL O MELHOR REMÉDIO?

O tratamento, após diagnóstico de cinomose confirmado por exame de laboratório, pode ser bem difícil.

O cachorro doente deve ser isolado para receber tratamento de apoio e antibióticos para auxiliar no combate a infecções secundárias. Por se tratar de um vírus, não há um medicamento específico para o tratamento da cinomose, o que torna sua cura mais difícil.

Filhotes não têm bom prognóstico de recuperação, com taxa de mortalidade bem alta. O tratamento de apoio é feito com a reposição de líquidos perdidos durante a doença, além de oferecer um ambiente limpo e com temperatura agradável. Se a cinomose evoluir para os estágios finais sem que o cachorro receba tratamento, pode haver danos neurológicos difíceis de tratar, sendo que o veterinário pode sugerir o sacrifício do animal.

Lembre-se de que cachorros que estejam em tratamento podem continuar a espalhar o vírus por várias semanas, mesmo depois do desaparecimento dos sintomas.

A cada 50 curtir na fan page da Cinomose aqui Não, 1 dose de vacina será doada a ONGs afilhadas a WSPA, e quando chegar em 79.200 curtir, o número total de doações será duplicado.

Eu apoio a campanha e quero dar um nocaute nessa doença cuja única defesa é a vacinação! Através do "Sou Ecológico", estou fazendo minha parte na divulgação da União Contra a Cinomose para conscientizar os donos de cães de todo o Brasil sobre a importância da vacinação contra a cinomose.

O Blog Sou Ecológico já curtiu! 
Curtam a página da Cinomose aqui Não!, e juntos vamos dar um nocaute na Cinomose!

CURTA O SOU ECOLÓGICO TAMBÉM E AJUDE A ESPALHAR ESSA NOTÍCIA

Acesse o site da Cinomose: Cinomose
Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲