O Caminhos das Água em Salvador: Bairro Vale dos Lagos

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

16 novembro 2011

Vista do Conjunto Vale dos Lagos, 2009 - Foto: Danilo Bandeira

Segundo Antonia Maristela Moreira, líder comunitária e uma das primeiras moradoras do local, o bairro Vale dos Lagos foi projetado e construído em uma imensa área verde, há mais de 20 anos. Surgiu do Conjunto Residencial Vale dos Lagos e expandiu-se com a construção de outros condomínios.

Naquela época, o lugar “era mato por todos os lados, não tinha asfalto, era barro puro, os ônibus não podiam ter acesso, não havia água encanada, usávamos a água do rio Rio Trobogy e comprávamos água no carro-pipa”, diz Moreira.

Para a líder comunitária, à medida que o bairro foi melhorando em infra-estrutura, com a chegada do asfalto, do transporte e da água encanada, passou também a sofrer grande degradação ambiental, principalmente em suas águas. “Quando construíram os condomínios aqui, não foi feito nenhum projeto de tratamento de água”. Moreira conta que o Rio Trobogy tinha uma água cristalina e que a comunidade recém-chegada costumava tomar banho nele. Existia também uma cachoeira que os moradores freqüentavam nos finais de semana. Atualmente, o rio foi transformado em um esgoto.

O Vale dos Lagos está situado no “miolo” de Salvador e, como o próprio nome indica, fica em uma baixada onde existem várias nascentes d´água. Tanto na opinião de Moreira, quanto na de Maria Raimunda Vieira, presidente da Associação dos Moradores da Vila São Francisco, os bares locais, especialmente, o Bar do Américo, com seu famoso cozido, são importantes referenciais do bairro. A população local dispõe de um pequeno e variado comércio e abriga os seguintes equipamentos públicos: o Colégio Estadual Vale dos Lagos, o Instituto Anísio Teixeira – IAT, a Escola Aplicação e a Creche Municipal Lírio do Vale.

Em seu entorno, existem ainda shoppings e uma faculdade. No Vale dos Lagos, não há uma festa ou evento tradicional que mobilize todo o bairro, entretanto, no ano de 2008, o Dia das Crianças foi comemorado com uma grande festa. “Nós, aqui da Vila São Francisco, fizemos uma festa na entrada do Vale dos Lagos para atender todas as crianças”, diz Raimunda Vieira. Vale dos Lagos tem aproximadamente uma população de 13.138 habitantes, o que corresponde a 0,54% da população de Salvador; concentra 0,59% dos domicílios da cidade, estando 29,87% dos seus chefes de família situados na faixa de renda mensal de 5 a 10 salários mínimos. No que se refere à escolaridade, constata-se que 50,91% dos seus chefes de família têm de 11 a 14 anos de estudos.

Descrição resumida:

Inicia-se na Rua Artêmio Castro Valente, por onde segue até alcançar o leito do Rio do Coroado. Daí segue pelo leito desse rio, em direção a sua jusante, até alcançar o Condomínio Lagoa Verde, inclusive, e excluindo a Faculdade Jorge Amado, até alcançar a Avenida Luis Viana. Daí segue por esta avenida até alcançar o leito do Rio Passa Vaca, até o Conjunto Moradas do Campo, exclusive, até alcançar a Estrada da Muriçoca, por onde segue pelo vale, até alcançar o Rio do Coroado, por onde segue até o alcançar o limite entre o Conjunto Nova Cidade, exclusive e Jardim das palmeiras, inclusive, até o alcançar o vale, por onde até o ponto de início da descrição do limite desse bairro.

Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲