Avaliação de Risco Ambiental

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

30 agosto 2011

Elaboração: Franklin do Carmo Oliveira

AVALIAÇÃO DE RISCO AMBIENTAL

Uma empresa te contrata para avaliar o risco em um compartimento ambiental afetado por metais pesados. Sabendo que este tipo de avaliação é composto por 12 etapas, entretanto, a empresa afirma que só tem recurso para 6 etapas. Quais etapas você escolheria e por quê?

ü Fonte primária de contaminação: porque é importante saber a área em que ocorreu a contaminação ambiental.

ü Fonte secundária de contaminação: porque é uma etapa do meio físico contaminado, que avalia os riscos de contaminação ocorridos no solo, na água devido a presença de contaminantes afim de não prejudicar outras áreas.

ü Composto Químico de Interesse: porque é importante saber qual composto químico foi detectado no meio físico, sendo que é preciso ter um perfil toxicológico para assim determinar a remediação.

ü Receptor: porque é preciso saber se a comunidade ou ecossistema exposto no local foi contaminado direta ou indiretamente e assim tomar as providências necessárias.

ü Exposição: porque é importante para saber o grau de risco que o organismo receptor tem no momento que o mesmo teve contato com o contaminante, podendo ser ele agente físico ou químico.

ü Ponto de Exposição: porque  é importante determinar a localização exata do pondo de contato entre o receptor e o composto químico.
Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲