Manual de Restauração Florestal: Um Instrumento de Apoio à Adequação Ambiental de Propriedades Rurais do Pará.

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

20 dezembro 2013

Em caso de não visualizar o conteúdo completo, atualize a página da web.


Um Instrumento de Apoio à Adequação Ambiental de Propriedades Rurais do Pará.

Este manual traz em seu escopo os principais procedimentos para a restauração florestal na Amazônia, e baseia-se principalmente em atividades desenvolvidas visando ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) e à adequação agrícola e ambiental de propriedades rurais em Paragominas, no Pará.

A restauração florestal é uma atividade antiga na história de diferentes povos, épocas e regiões (Rodrigues & Gandolfi , 2004). Na literatura especializada é possível rever casos de recuperação de áreas degradadas mineradas onde prevalece o plantio de espécies vegetais únicas, como gramíneas, na recomposição da cobertura vegetal - técnica do Tapete Verde (Griffithet al., 2000) ou mesmo o plantio de árvores pertencentes a uma única espécie como o eucalipto e o paricá.

SUMÁRIO

1. Introdução 
2. Marco Legal 
3. Uso e ocupação do solo em Paragominas
4. Situações ambientais passíveis de restauração florestal em Paragominas
5. Métodos de restauração florestal
6. Chave para tomada de decisão sobre o método de restauração
7. Escolha apropriada das espécies
8. Procedimentos operacionais envolvidos na restauração florestal
9. Avaliação e monitoramento das áreas em restauração e dos fragmentos florestais remanescentes 
    Referências Bibliográficas

APRESENTAÇÃO

Este manual traz em seu escopo os principais procedimentos para a restauração florestal na Amazônia, e baseia-se principalmente em atividades desenvolvidas visando ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) e à adequação agrícola e ambiental de propriedades rurais em Paragominas, no Pará.

A restauração florestal é uma atividade antiga na história de diferentes povos, épocas e regiões (Rodrigues & Gandolfi, 2004). Na literatura especializada é possível rever casos de recuperação de áreas degradadas mineradas onde prevalece o plantio de espécies vegetais únicas, como gramíneas, na recomposição da cobertura vegetal - técnica do Tapete Verde (Griffithet al., 2000) ou mesmo o plantio de árvores pertencentes a uma única espécie como o eucalipto e o paricá.



Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲