Programa Cidades Sustentáveis busca sensibilizar eleitores em 2012.

中文   Français   Deutsch   Italiano   日本   English   Россию   Español

06 julho 2012

Carta Compromisso e Plataforma Cidades Sustentáveis asseguram que candidatos estão comprometidos com o desenvolvimento sustentável.

Aproveitando as eleições municipais de 2012, o Programa Cidades Sustentáveis busca sensibilizar os eleitores a usarem como critério de voto a sustentabilidade. A ação, promovida pela Rede Nossa São Paulo, em parceria com o Instituto Ethos e a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis, é feita por meio de campanhas para a adoção da Plataforma Cidades Sustentáveis e da Carta Compromisso pelos candidatos, bem como pela divulgação voluntária do programa por diversos veículos e usuários de mídias digitais.
O objetivo é transformar a sustentabilidade
em critério de voto (Foto: Divulgação)

A Carta Compromisso tem o objetivo de mostrar, por meio de um selo de participação do Programa Cidades Sustentáveis, quais são os pré-candidatos a cargos municipais – vereadores e prefeitos – em todo o Brasil que estão engajados com a questão do desenvolvimento sustentável. Uma vez eleitos, eles deverão estar dispostos a incorporar medidas sustentáveis às políticas públicas da cidade e promover a participação social. Os eleitos devem também prestar contas das ações desenvolvidas, bem como dos avanços alcançados por meio de relatórios.

Já a Plataforma Cidades Sustentáveis, outra ferramenta de atuação do programa, é uma agenda para a sustentabilidade das cidades e abrange diferentes áreas da gestão publica. A plataforma apresenta casos de boas práticas e soluções inovadoras que tiveram resultados positivos em diferentes cidades do mundo, divididas em 12 eixos temáticos: Melhor Mobilidade, Menos Tráfego; Consumo Responsável e Opções de Estilo de Vida; Economia Local, Dinâmica e Sustentável; Educação Para a Sustentabilidade; Cultura e Sustentabilidade; Planejamento e Desenho Urbano; Gestão Local para a Sustentabilidade; Equidade, Justiça Social e Cultura de Paz; Bens Naturais Comuns; Governança; Do Local para o Global; e Ação Local para a Saúde. A plataforma também incorpora de maneira integrada as dimensões social, ambiental, econômica, política e cultural.

A elaboração do banco de dados da plataforma, bem como os indicadores de sustentabilidade urbana, começou em 2009. A Rede Nossa São Paulo realizou uma extensa pesquisa da qual foram coletadas informações de práticas que já produziram resultados concretos e positivos.

Um exemplo de boas práticas é o Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS), incluído no eixo “Ação Local para a Saúde” e realizado na cidade de São Paulo. Com início em fevereiro de 2007, o programa faz parte da Estratégia Saúde da Família (ESF), com o objetivo de construir uma agenda de ações integradas com enfoque no desenvolvimento de políticas de saúde ambiental. O banco de dados de boas práticas pode ser conferido no site do Programa Cidades Sustentáveis.

Caros leitores do Blog Sou Ecológico, vamos nos conscientizar e não vender o nosso voto. A melhoria da nossa cidade e do mundo só depende de nós. Att. Franklin Oliveira

Fonte da notícia: Globo Ecologia
Compartilhe:

Receba as notícias por e-mail!

Siga o Sou Eco nas redes sociais!

»Não deixe de ler:

Franklin Oliveira

Técnico em Meio Ambiente, Gestor Ambiental, Consultor Ambiental Autônomo, Auditor Interno de Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, atua na elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas ambientais voltados à sustentabilidade, educação ambiental, impactos ambientais, gestão de riscos ambientais e gerenciamento de resíduos sólidos.

E-mail Canal no You Tube

Sou Ecológico - Muito Mais Eco
▲